Saúde e bem estar

Conheça as causas da disfunção erétil e veja dez dicas de como escapar

Getty Images
Disfunção erétil pode ser algo mais comum entre os homens do que você imagina. Veja as causas e aprenda a escapar desse problema

Muitos homens levam a questão da saúde muito no piloto automático, até que chega um dia que são “golpeados”. Para muitos indivíduos, uma das piores coisas que pode acontecer é a falta de ereção.

Felizmente, para você desempenhar um grande papel, com a ereção intacta, na hora do sexo não é muito complicado – aprender corretamente as funçoões do seu companheiro já é um bom começo. Siga estas 10 dicas simples para proteger seu pênis e afaste a disfunção erétil, para o bem de todos os envolvidos. As informações são da revista “Men’s Health”.

1 – Limpe seu armário de remédios

Certos antidepressivos, medicamentos para pressão arterial, analgésicos, narcóticos e anti-histamínicos podem causar problemas com a ereção. Mas até mesmo os remédios sem receita podem te trazer uma surpresa durante o sexo. Um dos culpados mais surpreendentes? Sua alergia ou remédio para resfriado.

Leia os rótulos para quaisquer efeitos secundários. Se qualquer medicamento de prescrição está causando a queda de seu amigo, converse com seu médico sobre uma possível substituição.

2 – Mantenha o corpo em forma

Esticar demais o seu cinto também pode colocar seu pênis em risco. Homens com a circunferência da cintura acima de 39 polegadas (100 centímetros) são duas vezes mais propensos a ter disfunção erétil, do que aqueles com cinturas abaixo de 35 polegadas, ou 88 cm.

A circunferência de cintura alta indica maiores níveis de gordura visceral prejudicial. E gordura visceral está associada a baixos níveis de testosterona e mais inflamação, ambos os fatores que podem prejudicar seu pênis.

3 – Pare de fumar

O hábito de fumar pode danificar o revestimento dos vasos sanguíneos, o que afeta o músculo liso em seu pênis e inibe o sangue de fluir. Na verdade, os indivíduos que fumam são 51 % mais propensos a experimentar disfunção erétil do que os homens que não tragam cigarros, segundo uma meta-análise feita na China.

Quão importante é largar o vício? Um ano após parar de fumar, 25 % dos ex-fumantes relataram melhora nas ereções.

4 – Deixe seu trabalho no escritório

Homens com empregos exigentes têm uma difícil rotina e não conseguem deixar o trabalho no escritório, o que significa que sua ansiedade está em alta velocidade para a maioria do dia, impedindo-o de nunca chegar a todo vapor no quarto.

5 – Qualidade de sono

Pesquisadores da Universidade de Chicago descobriram que dormir 5 horas ou menos por dia afundou os níveis de testosterona de rapazes saudáveis em 10 %.

Além disso, os hormônios de seu cérebro que têm um efeito sobre a ereção – como a dopamina e serotonina – são regulados pelo sono. Tente dormir pelo menos 6 horas por noite, embora 7 ou 8 seja o ideal.

6 – Mantenha seus dentes brancos e brilhantes

Um estudo da Turquia descobriu que os homens com disfunção erétil são três vezes mais propensos a ter doenças na gengiva do que os homens sem problemas no membro genital.

Como os dentes com problemas, há um ataque ao sistema imunológico de sua boca. As bactérias, em seguida, infiltram-se na corrente sanguínea, danificando os vasos sanguíneos e do fluxo sanguíneo. Felizmente, uso do fio dental regularmente e escovação (duas vezes por dia!) pode ajudar mais do que apenas suas gengivas.

7 – Controle o uso do álcool

Caras bêbados colocam mais esforço para obter uma ereção e do que sedutores sóbrios, segundo um estudo da Universidade de Washington.

Mesmo que você não tenha bebido agora, ter feito isso antigamente pode prejudicar o desempenho sexual durante o caminho. Além disso, o álcool é um depressor, então você fica menos propensos a excitação e também mais exausto, provavelmente demasiado cansado para colocar no esforço.

8 – Faça exercícios

Os pesquisadores acreditam uma rotina completada com exercícios pode reduzir marcadores de inflamação em seu corpo, o que pode ajudar os vasos sanguíneos a funcionarem mais eficientemente.

9 – Evite ficar encima do muro

Você sabe como é ser esmagado por uma culpa? Eventualmente, a ela se tornará ansiedade, e a ansiedade produz mudanças químicas no cérebro que atacam sua capacidade de ter uma ereção.

Altos níveis de ansiedade transformam seu sistema nervoso simpático na ultrapassagem, colocando-o em um estado prolongado de luta ou fuga, o que significa que é difícil até mesmo se acalmar o suficiente para ficar excitado.

Ansiedade também impede a liberação dos neurotransmissores responsáveis por estimular uma ereção.

10 – Cuidado com computadores no colo

Os laptops podem gerar uma quantidade enorme de calor, e qualquer coisa que aqueça os testículos em excesso pode diminuir a contagem de esperma e os níveis de testosterona.

As células nos testículos que produzem os “nadadores”e hormônios são sensíveis ao calor, o que é por isso que o escroto é fora do corpo – assim suas bolas funcionam alguns graus abaixo da temperatura corporal.

Deixe seu computador no lugar onde ele deve estar: na mesa. Isso pode melhorar sua capacidade de obter uma ereção. Siga essas dicas e seja feliz!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário

Redes Sociais

/ Free WordPress Plugins and WordPress Themes by Silicon Themes. Join us right now!