Ciência

Estudantes criam canudinho que detecta ‘boa noite, Cinderela’

Reprodução/BoredPanda

O estupro nas festas estudantis é uma preocupação mundial e três estudantes norte-americanas resolveram tomar uma iniciativa para ajudar outras mulheres a não serem vítima desse tipo de violência.

Victoria Roca, Susana Capello e Carolina Balgorri criaram um canudinho que detecta drogas que dopam as meninas, como o Boa Noite Cinderela e o Special K. Segundo o site Bored Panda, a invenção funciona da seguinte maneira: ele possui duas faixas que mudam de cor quando detectam substâncias nas bebidas que estão “batizadas”.

“Nós sabemos que não é uma solução efetiva, porque isso não acaba com o estupro diretamente, mas esperamos conseguir reduzir a frequência desse abuso e livrar garotas de situações em que possam ser fragilizadas dessa forma.”, conta uma delas.

As garotas estão procurando patentear o canudo para que ele possa comercializado o mais breve possível. Para isso, elas pretendem conseguir verba a partir de um financiamento coletivo, onde as pessoas podem doar a quantia desejada para ajudar na ideia.

Comentar

Clique aqui para postar um comentário

Redes Sociais

/ Free WordPress Plugins and WordPress Themes by Silicon Themes. Join us right now!